1.17 “The Fever” (Febre)

Posted: 24.9.10 | Postado por Thiago Manzo | Marcadores: , , , 0 comentários
Directed by Robert Florey
Written by Rod Serling

Começo da exploração mais célebre da ficção cientifica que é o medo proeminente das máquinas, esse episódio como muitos outros da série utiliza de um elemento maquinário como uma “slot machine” para causar no expectador a obsessão. É muito diferente você utilizar um robô como fio condutor do medo que um objeto inanimado que pode dizer o futuro ou causar uma atração instantânea. A diferença está na utilização que eles possuem. Algo criado para falar e mexer pode te compreender, de acordo com Asimov, mas, algo inerte de vontade ou pensamentos, como ele pode se comunicar com você?

Flora é casada com Franklin, ela ganhou uma viagem a Las Vegas por uma competição. O marido odeia e repugna jogos de azar ao contrário de sua esposa. Franklin recebe uma moeda de um bêbado no cassino, que praticamente, obriga ele à apostar numa slot machine. Ele ganha e diz á sua mulher que eles deveriam ficar com o dinheiro e não perder de novo como o resto das pessoas.

Quando eles estão indo embora, Franklin acredita que a Máquina o chama para jogar. Continua ouvindo enquanto dorme no hotel. Enquanto imagina seus espólios crescendo, ele decide tentar a sorte, dizendo para si mesmo e sua mulher que ele não pode ficar com um dinheiro “azarento”, e que ele vai se ver livre dele colocando de volta na máquina. Mais tarde, Flora desce ao cassino e descobre Franklin jogando compulsivamente na mesma máquina. Viciado, Franklin perdeu uma grande parte do próprio dinheiro. Quando Flora tenta convencê-lo a parar, ele diz que perdeu tanto que ele precisa ganhar para reaver um pouco da grana. Ele fica enfurecido quando é pressionado á partir, declarando que a máquina é “inumana”, que “provoca, te suga inteiro.” Outros observam que ele joga por horas.

Eventualmente, a slot machine recebe o último dólar e quebra. Franklin grita em desespero pedindo seu “último dólar”. Ele é retirado do cassino aos berros. Mais tarde, Franklin diz á Flora que a máquina estava prestes a pagar, mas quebrou propositalmente para não fazê-lo. Ele começa a ouvir novamente ela o chamando. Vê ela descendo o corredor do hotel em sua direção, perseguindo ele, mas Flora não pode ver e acredita que está ficando maluco. Quando a máquina continua a perseguir, repetindo seu nome vezes sem fim. Ele se encosta na janela tampando os ouvidos, não agüentando mais, ele se joga da janela para sua morte. Um gerente do cassino comenta que “já viu muitos ficarem presos pelo jogo, mas não como ele.” A última cena mostra um dólar rolando no chão e parando ao lado da mão morta e esticada de Franklin. Ao lado, está a máquina, “sorrindo” para ele.

.curiosidades: Essa máquina foi reutilizada em “A Nice place to visit” e “The prime mover”.

.Thiago Manzo
Keep Reading...

1.16 “The Hitch-hiker” (O Caroneiro)

Posted: 20.9.10 | Postado por Thiago Manzo | Marcadores: , , , 0 comentários
Directed by Alvin Ganzer
Written by Rod Serling (conto de Lucille Fletcher, adaptado de uma peça de rádio)

Mais um clássico do Twilight Zone a história começa com uma uma mulher, Nan Adams, trocando o pneu furado de seu carro numa viagem cruzando o país de New York para Los Angeles. Quando ela guia para sair da oficina, ela repara um homem estranho pedindo carona, vestido roupas simples com terno e chapéu velhos. Desconfortável, ela manobra rapidamente. Ao longo do tempo, ele vem pedindo carona durante a viagem sempre do lado do acostamento, ela vai ver ele muitas vezes. Um dos maiores temores (e sabendo que o tema principal da série é o medo) dos americanos na época era dar carona, um numero grande de homicídios acontecia em estradas pouco movimentadas e desertas, alias, um estudo observou que a quantidade de carros aumenta numa estrada se esta já teve algum caso de assassinato público. A tensão dela aumenta cada vez mais e quando ela está parada num cruzamento de trens e quase é atingida por um ao tentar fugir do homem, ela se convence que ele está tentando matar-La. Ela só para quando necessário, mas o homem está sempre lá.

Quando ela se perde no Novo Mexico, ela encontra um homem diferente, um marinheiro saindo de sua folga e voltando para o navio atracado em San Diego. Ansiosa por proteção do estranho, ela se oferece á dirigir até San Diego para deixar o marinheiro. Entretanto, ela ainda está paranóica com o homem, e, quando ela o vê na estrada, tenta atropelá-lo, o marinheiro que não viu o homem, teme pela sanidade de Nan e a abandona. No Arizona, Nan liga para sua mãe. Mas a mulher que atende o telefone, Sra. Whitney diz que a Sra. Adams está no hospital: ela teve um ataque nervoso depois de descobrir que a filha, Nan, foi morta num acidente de carro depois que o pneu estourou e capotou. Nesse momento Nan percebe a verdade: O homem estranho não é alguém que quer lhe fazer mal, mas sim a personificação da morte em si, pacientemente esperando ela perceber que já está morta há muito tempo.

Nan retorna ao carro e vê o homem sentado no banco de trás olhando pelo retrovisor, “Acredito que vocês está indo... Na minha direção?” ela pergunta, amigavelmente. Nan aceita seu destino, e segue sua viagem final.

.curiosidades: O nome da protagonista é uma homenagem á filha de Rod Serling.
Na peça original de rádio, foi produzida três vezes e em todas quem narrava era Orson Welles.

.Thiago Manzo
Keep Reading...

1.15 “I Shot an Arrow into the Air” (Atirei uma flecha no ar)

Posted: 15.9.10 | Postado por Thiago Manzo | Marcadores: , , , 2 comentários
Directed by Stuart Rosenberg
Written by Rod Serling (Conto de Madelon Champion)

Uma nave espacial controlada por homens aterrissa aonde os astronautas acreditam ser um asteróide desconhecido. A expectativa de sobrevivência ou resgate são poucas. Apenas quatro dos membros da tripulação sobrevivem, um deles quase morto. Depois que ele morre, os remanescentes, Corey, Dolin e Pierson decidem vasculhar o deserto vazio se há alguma coisa - abrigo, água - que possa aumentar a chance de sobrevivência deles. Quando Corey e Donlin reconvêm,  parece que Pierson está morto e Corey surrupia o cantil d’água do seu corpo. Donlin, o oficial em comando, força Corey á mão armada para levá-lo ao corpo de Pierson.

Eles encontram Pierson, ainda quase morto, que com seu último momento de força desenha um diagrama primitivo na areia. Corey mata Donlin e vagueia sozinho, confiante que ele irá sobreviver mais tempo agora que ele possui toda a fonte de água do grupo. Corey vagueia pó um tempo, ao fim, quase desfalecendo, vê um sinal para uma cidade. Eles nunca saíram da Terra.

Depois de caminhar sem direção por todo esse tempo, ele vê um conjunto de linhas de força e percebe que foi isso que Corey desenhou na areia: fios de alta tensão. Uma estrada e uma placa de Nevada revela que ele caíram na Terra - Os homens estiveram em Nevada o tempo todo e nunca saíram de órbita.

.curiosidades: Rod Serling começou um concurso cultural para escolher estórias inéditas de qualquer pessoa para o show, sendo pagas pela qualidade se fossem escolhidas. 15.000 manuscritos foram enviados e nenhum foi decidido. Á não ser esse episódio em particular que foi contado oratoriamente por uma amiga para Serling. Ela recebeu $500 dólares.

.Thiago Manzo

Keep Reading...

1.14 “Third From the Sun” (Terceiro à Partir do Sol)

Posted: 7.9.10 | Postado por Thiago Manzo | Marcadores: , , 0 comentários
 Directed by Richard L. Bare
Written by Rod Serling (Conto de Richard Matheson)

Apesar da sua temática cientifica, a estória se desenrola numa esteira progressiva muito bem construída baseada no que pode acontecer á dois colegas de trabalho de um foguete e sua família. Tudo dirigido de uma forma que culmina numa revira-volta singela mas de grande impacto.

Will Sturka, um cientista que trabalha numa base militar do governo, tem produzido uma serie de Bomba-H em preparação para uma iminente guerra nuclear. Sturka percebe que existe apenas uma alternativa para escapar da destruição total, essa sendo, roubar uma nave espacial secreta dentro da base. Ele planeja tudo isso com seu colega Jerry Riden, junto com as esposas e sua filha. Os dois planejam por meses, secretamente carregando a nave com suplementos e preparando a nave para a partida.

Novamente, o tema recorrente e em vogue na década de 60 que é a guerra fria, o medo consciente da presença constante do fantasma da destruição em massa. Quando a produção das bombas aumenta, Sturka percebe que o tempo está acabando, então, junto com Riden resolvem por o plano em ação - levar a família para conhecer a aeronave, render os guardas e partir com a nave - mas Carling, um dos colegas ouve a conversa. Naquela mesma noite, ele faz uma visita inesperada no jantar de despedida das famílias, e, obviamente sabendo avisa que “muitos eventos podem acontecer em quarenta e oito horas.” Ao sair da casa, é hora de por o plano em ação.

Os cinco vão para o local de lançamento da aeronave, há um contato no local que os vê com uma lanterna. Fazem sinal e ao chegarem próximo vêem que é Carling, com uma arma avisando que é melhor eles voltarem pois estão presos todos presos por deserção. As mulheres, assistem tudo do carro horrorizadas, ao chegar próximo da porta, Carling é desarmado pela filha de Sturka, Jody, que empurra a porta e faz cair a arma de Carling. Eles deixam-no desmaiado e correm para a nave escapando dos guardas e se lançam para a estratosfera e além.

Em segurança e em rota definida, eles se acalmam e começam a discutir sobre a direção que irão tomar. Uma rota certa, limpa e segura  de 14 milhões de quilômetros para um local misterioso que acreditam que há pessoas parecidas com eles, um lugar chamado Terra: O terceiro planeta à contar do sol.

.curiosidades: A Aeronave foi emprestada de uma outra produção da MGM de muita repercussão “Forbidden Planet”.

.Thiago Manzo
Keep Reading...